ESTUDOS INTERATIVOS

POR QUE ALGUMAS IGREJAS EVANGÉLICAS QUESTIONAM A DOUTRINA DO PECADO ORIGINAL?

TONY SOUSA


O pecado original é uma doutrina cristã que pretende explicar a origem da imperfeição humana, do sofrimento e da existência do mal através da queda do homem. Tal doutrina nunca existiu no Judaísmo. Foi desenvolvida por Santo Agostinho, numa controvérsia com o monge Pelágio da Bretanha.

A doutrina do pecado original se apóia em várias passagens das Escrituras: a epístola de Paulo aos Romanos (5:12-21) e aos Coríntios (1 Co 15:22), e uma passagem do Salmo 51. Mas a primeira exposição sistemática sobre o pecado original - de cuja interpretação derivaram todas as controvérsias - é a de Agostinho de Hipona, no século IV. Foi também no século IV que se deu a conversão do Império Romano ao cristianismo. Segundo Le Goff, o dogma do pecado original teria contribuído para aumentar o poder de controle da Igreja sobre a vida sexual, na Idade Média.

Segundo a doutrina, os primeiros seres humanos e antepassados da humanidade, Adão e Eva, foram advertidos por Deus de que, se comessem do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, certamente morreriam. No entanto, instigados pela serpente, ambos comeram o fruto proibido, tendo Eva cedido primeiramente à tentação e posteriormente oferecido o fruto a Adão, que o aceitou. Ambos continuaram vivos, mas foram expulsos do Jardim do Éden.

Existem polêmicas quanto ao significado real dessa narrativa, em como em que constituiria tal pecado. Algumas denominações cristãs chegam mesmo a negar a sua existência. Na perspectiva cristã, a morte (imerecida) de Cristo é colocada como necessária para salvar os seres humanos desse "pecado de origem", que seria congênito e hereditário. As doutrinas a respeito do pecado original têm sido historicamente um dos principais motivos para o surgimento de heresias e para os cisma entre os cristãos, desde os primeiros séculos da era cristã.

Um dos problemas da doutrina do pecado original é que ela deixa de considerar outras passagens do texto bíblico, as quais indicam que as origens do pecado estariam na rebelião de satanás, e portanto, seriam anteriores à desobediência do homem no Éden. - (Mateus 25:41 - João 8:44 - Ezequiel 28:11-19 - Isaías 14:12-20).

Outro problema com este dogma é a existência de outros textos bíblicos nos quais Deus elimina a hereditariedade do pecado e demonstra que não pune uma pessoa por causa do pecado da outra (Jeremias 31:29-30 - Deuteronômio 24:16 - Romanos 14:12 - Confira aqui outro texto sobre o tema) - Isto denota que a raça humana herdou sim a natureza pecaminosa de Adão, mas como Deus é muito justo, ELE enviou Jesus Cristo (o segundo Adão) para endireitar aquilo que Adão entortou. O sangue de Jesus Cristo é mais poderoso do que o pecado de Adão. Este sangue é a propiciação pelos pecados do mundo todo e não de "meia dúzia de eleitos" como afirmam por aí. "E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo" - 1 João 2:2

Cientes disto, podemos afirmar que o dogma do pecado original, apesar de ter sido criado pela igreja católica não fere os princípios fundamentais do evangelho e da fé cristã. O que fere o evangelho é afirmar que o batismo infantil livra aquele que é batizado do pecado original, como tem sido propagado por muitos.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
LE GOFF, Jaques; FRUONG, Nicolas. Uma história do corpo na Idade Média. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.
Oxford Dictionary of the Christian Church (Oxford University Press 2005 ISBN 978-0-19-280290-3), article Original Sin. 




A pessoa de Cristo (1) A.W. Tozer (3) aborto (1) Abraão (2) adventismo (2) adversário (1) Ágape (2) Agostinho (2) águas (1) Além da Letra (1) alforria (1) aliança (1) Amor (2) Anjos (1) Antigo testamento (1) Antonio Gilberto (2) apocalipse (3) apologética (1) apostasia (1) arminianismo (5) Arrebatamento (2) arrependimento (1) Àsia (1) Ásia Central (1) Assembléia de Deus (2) Auschwitz (1) autoridade (1) Auxílio ao Obreiro (1) avião (1) Batismo com Espirito Santo (2) batismo com Espírito Santo (1) batismo infantil (1) batismo no Espirito Santo (1) bebida alcoólica (2) Ben Gurion (1) Bençãos (1) besta (1) bíblia sagrada (2) bíblias (1) Biblicamente (1) bibliologia (1) Billy Graham (1) Blog Belverede (1) Bob Roberts Jr (1) Brenda B. Colijn (1) Bruno Rocha (1) calvário (1) CALVINISMO (25) calvinistas (1) Calvino (5) cananeus (1) carta (1) carta de Judas (1) casamento (1) Castellion (1) certo (1) cerveja (1) cessacionismo (3) Ciro Zibordi (12) clamor (1) Claudionor de Andrade (2) colheita (1) comportamento (9) confraria pentecostal (1) Conhecimento (1) continuismo (1) conversão (1) Corpo de Cristo (1) CPAD (1) cristãos (1) cristianismo (3) cruz (1) Daladier Lima (3) Dan Corner (1) Daniel Santos (30) Dave Hunt (2) Davi (1) David Botelho (1) David Cloud (1) denominação (1) Deus Conosco (1) devocional (6) diálogo (1) discernimento espiritual (1) discípulo (1) dízimo (3) domingo (1) Dons Espirituais (10) Douglas Batista (1) Doutrina Pentecostal (1) Doxologia (1) eleição (3) Elias (1) Eliseu Antonio Gomes (1) Eliseu Gomes (2) enganador (1) ensino (1) equívocos religiosos (2) errado (1) erudição (1) escórias (1) escravatura (3) Esmirna (2) eternidade (1) ética cristã (1) EUA (1) evangelho (5) evangelicalismo (1) evangelismo (1) Experiência (1) expressões idiomáticas (1) família (4) família Cristã (3) (2) felicidade (1) Festa da dedicação (1) ficção (1) filmes (1) filosofia (4) Flip Benham (1) fonte (2) fortalecimento (1) fundidor (1) Gálatas (1) graça (4) grupo de estudos (1) Gunnar Vingren (1) Habacuc (1) herege (1) heresia (4) heresias (3) Hernandes Lopes (2) história (1) história eclesiástica (3) igreja (5) Igreja Fiel (4) Imael Brito (1) imperialismo (1) Institutas (1) interpretação (1) Isaías (2) Islamismo (1) Israel (3) Jerusalém (1) João Cruzué (1) João Marcos (1) John Wesley (2) Josenilson Félix (8) Jourdon Anderson (1) jugo desigual (1) juízo (1) Julgamento (1) Keith Coward (1) Kelem Gaspar (1) leitura (1) leões (1) Leonard Ravenhill (1) liberalismo teológico (1) linguagem cristã (1) Línguas estranhas (4) livramento (1) livre-arbítrio (8) livro da vida (1) Luciano Subirá (2) Lutero (4) maçã (1) madrugada (1) Marcelo Lyrio (3) Marco Sousa (21) marxismo (1) matrimônio (1) Max Lucado (1) Melquisedeque (2) membro (1) Menno Simons (1) milagre (2) ministério (1) ministério feminino (1) missionários (1) missões (7) mitos (1) Moisés (1) morte de Cristo (2) mulher (2) Mundanismo (2) Natal (2) nazismo (1) Nietzsche (1) noiva (1) Norman Geisler (1) Noruega (1) novo testamento (2) Obreiro Aprovado (1) Oração (4) Oriente Médio (1) Palavra (3) palavra revelada (4) palha (1) pão (1) parlamento (1) pastores (1) Paulo Junior (1) paz (1) Pecado (2) pecado original (1) pedobatismo (1) peixe (1) pentecostais (3) Pentecostalismo (4) perdão (1) perseguição (1) perseguições (1) personagens (1) piedade (1) pobre (1) prata (1) Predestinação (7) pregação expositiva (1) pregadores (2) Pródigo (1) Profecia (4) profecias (1) Promessas (1) questionamentos (2) razão (1) razão humana (2) recenseamento (1) Reforma Protestante (5) refugiados (1) Relacionamento (1) religiosidade (1) remédio (1) renovados (1) repreensão (1) retórica (1) revelação (4) rico (1) sábado (2) sabedoria (1) sacerdote (1) sacrifício de Jesus (1) salmos (2) Salvação (12) Samoa (1) Sandro L. Oliveira (1) sangue de Jesus (2) santidade (1) Santificação (1) satélite (1) Século XXI (1) serpente (1) Silas Daniel (1) simplicidade (1) soberania de Deus (2) Sofia Müller (1) sola scriptura (1) soldado (1) soteriologia (5) Spurgeon (3) Susanna Wesley (1) Teologia (9) Teologia Pentecostal (1) terrorismo (1) terroristas (2) testemunho (1) Tiago Rosas (6) titanic (1) Tony Sousa (3) trigo (1) Vale (1) verdade (1) Versículos Bíblicos (1) vida (1) vida cristã (12) vídeo (1) vídeos (1) vinha (1) vinho (1) whatsapp (1)