PESQUISAR

O AMOR DE DEUS E A PRÁTICA CRISTÃ

Por Marco Sousa

JOÃO 13:35
"Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros"

Hoje o evangelicalismo se preocupa mais com o marketing denominacional do que com o testemunho real e a aplicação prática das sagradas escrituras. Infelizmente isto acontece em quase todas as denominações evangélicas e são raríssimas as exceções. Mas Cristo deixou o verdadeiro método do sucesso espiritual da sua igreja. Ei-lo no texto bíblico que acabamos de ler.

Este ensino claro de Cristo expressa toda a eficácia do evangelho. A igreja dos discípulos do Salvador não seria conhecida pelos milagres ou pelos dons (embora tudo isto edifique muito o povo de Deus) e muito menos por alguma teoria pregada no púlpito, mas pela prática cotidiana do principal ensino de Cristo: O amor (ágape), Cristo subindo ao calvário em lugar do pecador (Nunca existirá amor semelhante a este).

Não confunda este amor que se doou para dar vida a quem não merece, com os amores mundanos. Também não se deve confundir este amor com a tolerância ao pecado (modo de vida antibiblico). Este amor (ao contrário dos argumentos tolos de certo progressismo esquerdista em atividade no meio religioso) constrange o pecador e o encaminha a uma mudança de vida. Vejamos outros conselhos bíblicos sobre este modo de vida que está em falta no mundo eclesiástico atual:

"Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor". (1 João 4:7,8)

"Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se algum tiver queixa contra outro: assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também. E, sobre tudo isto, revesti-vos de caridade, que é o vínculo da perfeição". (Colossenses 3:13,14)

Quem aplica estas coisas em sua casa ou no templo para adoração a Cristo viverá dias de glória na presença do Todo-Poderoso. Felizes são aqueles que vivem esta benção, na letra e "ao pé da letra"!

Que Deus nos abençoe!