PESQUISAR


BLOGS TEMÁTICOS


ÁGUA PURIFICADORA

POR OBREIRO DANIEL SANTOS


"TEM misericórdia de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias.
Lava-me completamente da minha iniquidade, e purifica-me do meu pecado." Salmos 51:1-2

Devido aos anos que passara recitando o Saltério, sempre dentro do contexto do ano litúrgico que se centraliza nos principais acontecimentos da vida de Cristo, Lutero interpretava os Salmos cristologicamente. Neles, era Cristo quem falava.

O Cristocêntrismo bíblico sempre foi uma realidade em todo período da igreja fiel; inclusive no reconhecimento do cânon neotestamentário.
Vemos que no primeiro parágrafo, o grande ícone da reforma (Martinho Lutero) tinha este hábito; sabia que para um bom relacionamento com as escrituras era lhe necessário estudá-las com as lentes puramente cristocêntricas.

Nesta oração, notamos o quanto nós precisamos prezar o que o autor quer expressar. Uma das bases da hermenêutica é a submissão ao que o autor, no caso da Bíblia, o escritor deseja transmitir. O valor interpretativo não está no que eu entendo; sendo assim seria muito subjetivo e cairíamos numa espécie de antropocentrismo religioso.

Voltando ao texto...

Dividiremos as tônicas dos versos acima em três tópicos para uma melhor compreensão;

"Apaga as minhas transgressões"
A palavra transgredir está diretamente relacionada com a lei de Deus reportando-nos para as páginas veterotestamentárias.
Lembrando que nesta época a transgressão era "apagada" através dos inúmeros sacrifícios.

"Lava-me completamente da minha iniquidade"
Até que um dia Deus revela algo estupendo.
O transgressor não poderia mais ter as suas transgressões apagadas, e sim; que o iníquo fosse "completamente lavado" com o Sangue do Cordeiro.
A partir deste Sacrifício Perfeito nasce uma igreja, que também estava sujeita ao pecado...

"Purifica-me do meu pecado"
O Fogo do Espírito Santo tem poder de purificar a igreja de cada pecado: "Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado." 1 João 1:7
Iremos para o céu pecadores, e cheios de defeitos, porém se caminharmos na Luz da Palavra de Deus; toda nossa alma será  gradativamente purificada para o grande dia.


Referências: Caminho para Reforma pág/49 - JUSTO L. GONZALEZ